• Notícias

  • Colunistas

  • Agenda

  • Parceiros

    Parceiros
  • Notícias

    • Balanço Semanal do Mercado do Café pelo CNC

      BALANÇO SEMANAL — 08 a 12/12/2014

      — CNC está atento à questão do emplacamento de máquinas agrícolas para evitar a elevação dos custos dos produtores rurais.

      EMPLACAMENTO DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS — A possibilidade de emplacamento de máquinas agrícolas é algo com que convivemos desde 1998, um ano após a instituição do Código de Trânsito Brasileiro, no Congresso Nacional. Sempre fomos e continuamos contrários a essa norma devido ao encarecimento desnecessário que gerará nos custos dos produtores rurais brasileiros, além da dificuldade da operacionalização do sistema. Assim, enquanto parlamentar, conseguimos que esse dispositivo do Código não fosse aplicado.

      Por outro lado, no dia 14 de maio deste ano, a Presidente da República, Dilma Rousseff, conforme publicação no Diário Oficial da União, vetou integralmente, alegando contrariedade ao interesse público, o Projeto de Lei nº 57/2013 do Senado Federal (nº 3.312/12 na Câmara dos Deputados), o qual “Altera a Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro, para desobrigar as máquinas agrícolas do registro e licenciamento anual”.

      A ação nos surpreendeu, uma vez que o referido PL foi aprovado por unanimidade na Câmara e no Senado e também por entendermos que o seu teor contraria o interesse público, haja vista que ocasiona uma elevação nos custos de produção, a qual viria através dos gastos com emplacamento, e gerará a cobrança dos impostos inerentes à matéria, como o IPVA e o licenciamento, entre outros.

      Mais surpreendente ainda foi a manutenção do veto total ao Projeto de Lei por parte da comissão mista, composta pelos deputados Vicentinho, Rodrigo Bethlem, Vanderlei Macris, Onofre Santo Agostini e Eurico Júnior, formada para apreciar o posicionamento presidencial a respeito do emplacamento das máquinas agrícolas.

      O Conselho Nacional do Café discorda completamente dessa postura incoerente, haja vista que Senado e Câmara haviam aprovado de maneira unânime a matéria quando apreciada pelas Casas. Lamentamos, ainda, o fato de que os deputados designados para a comissão mista sequer tenham vínculo com o agronegócio e, em especial, o transtorno que os cidadãos brasileiros terão ao verem seus gastos na atividade agrícola elevados por essa medida, o qual ocorrerá anualmente, conforme se realize a renovação do emplacamento.

      Nesse sentido, o CNC e muitas outras entidades representantes do setor agropecuário se mobilizaram para tentar prorrogar o início dessa obrigatoriedade, que, com base na legislação atual, entrará em vigor a partir de 2015. Como efeito da pressão do setor agrícola brasileiro, na quarta-feira, 10 de dezembro, o Ministério das Cidades emitiu um comunicado informando que o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) apresentará uma proposta ao Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para adiar o prazo de emplacamento das máquinas agrícolas. Na nota, a Pasta justificou que “o adiamento é necessário para concluir a adaptação do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavan)”. A reunião do Contran está marcada para 18 de dezembro, quando deveremos ter ciência do resultado desse pedido do Denatran.

      PROJETO RUMOS — Na segunda-feira, 8 de dezembro, o Conselho Consultivo do Projeto Rumos, idealizado a partir do seminário “Rumos da Política Cafeeira no Brasil”, realizado, em dezembro de 2013, por CNC e Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), com o apoio de toda a cadeia café, reuniu-se para dar andamento ao debate referente às prioridades para o setor cafeeiro.

      Em função da mudança do cenário mercadológico na comparação com o final do ano passado, quando havia preços aviltados, o consultor Carlos Brando, da P&A Marketing Internacional, recomendou que fosse incluída entre as ações prioritárias do projeto a “resiliência às mudanças climáticas”, haja vista o panorama vivenciado ao longo de 2014.

      A respeito da captação de recursos para a implantação das ações, Brando mencionou exemplos de entidades, fundações e organizações nacionais e internacionais que dispõem de fundos para financiamento de projetos e comentou que podemos observar e aprender com a experiência da Colômbia, onde, em 12 anos, a Federação Nacional de Cafeicultores alavancou um montante de US$ 300 milhões a fundo perdido.

      Por sua vez, o presidente da OCB, Márcio Lopes de Freitas, apresentou uma proposta da entidade para garantir a continuidade do Projeto Rumos, que também servirá de estratégia para estruturar a capacidade de organização do setor café. Ele propôs a criação de um fundo entre as entidades participantes do Conselho Consultivo, com o objetivo de construir uma base financeira para o início do projeto.

      A ideia inicial é não envolver volumes elevados de capital, levantando apenas o suficiente para iniciar as atividades. Com o estabelecimento do fundo e a definição da agenda, acordou-se que o segundo passo seria a captação de recursos de fontes internas e externas. Assim, foi proposto que, na fase inicial, não haja participação governamental, pois o setor deve agir com autonomia para definir suas estratégias. Além disso, a criação do fundo serviria como um garantidor de compromisso das entidades envolvidas com o projeto.

      O presidente executivo do CNC, Silas Brasileiro, sugeriu que as entidades representantes do segmento privado da cafeicultura contribuam de forma paritária, o que evitará a predominância de um segmento sobre o outro. Por fim, ele solicitou que a P&A elabore uma proposta resumida para a formatação do fundo, contendo propósito, metas, alcance e dispositivos jurídicos, com o objetivo de subsidiar a negociação para obtenção dos recursos dentro das entidades.

      MERCADO — Os futuros do arábica voltaram a acumular perdas nesta semana, novamente pressionados pelo aumento da umidade nas regiões produtoras brasileiras, pelo real desvalorizado e por fatores técnicos. O cenário macroeconômico internacional também foi desfavorável aos investimentos em commodities, devido ao risco de deflação na China e a preocupações renovadas com a crise na Zona do Euro.

      No Brasil, as chuvas consistentes nas regiões produtoras têm contribuído para diminuir as perdas acumuladas nos dez meses de estiagem. O Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada realizou levantamento que indica sensível melhora nas condições de desenvolvimento da próxima safra brasileira, embora seja manifesta a redução da colheita ante 2014/15. O quadro abaixo resume as informações veiculadas pela instituição.

      Quanto ao mercado cambial, o dólar seguiu fortalecido no Brasil, mantendo o cenário propício às exportações. Ontem, a divisa norte-americana foi cotada a R$ 2,6476, valor mais elevado desde abril de 2005, com alta acumulada de 2,1% na semana. Especulações sobre os rumos da política econômica nacional e quanto ao futuro das intervenções do Banco Central no mercado de câmbio estimulam essa tendência.

      A liquidação de posições compradas no mercado futuro de café arábica da ICE Futures US pelos fundos de investimento também cria pressão de baixa nos preços. Segundo o relatório semanal da Commodity Futures Trading Commission (CFTC), o saldo líquido comprado desses fundos caiu para 31.217 lotes no dia 2 de dezembro, ante os 35.433 lotes da semana anterior.

      Diante dessa conjuntura, o vencimento março do Contrato C, negociado na bolsa de Nova York, foi cotado, na quinta-feira, a US$ 1,764 por libra-peso, acumulando desvalorização de 370 pontos em relação ao final da semana antecedente. Na ICE Futures Europe, o vencimento março/2015 dos futuros do café robusta encerrou a sessão de ontem a US$ 1.965 por tonelada, com perdas de US$ 88 desde a última sexta-feira.

      Quanto ao mercado físico brasileiro, o Cepea informou que as oscilações diárias nos preços do café têm mantido os vendedores retraídos. Ontem, os indicadores calculados pela instituição para as variedades arábica e conilon foram cotados a R$ 452,62/saca e a R$ 268,21/saca, respectivamente, com variação de -0,2% e -3,3% no acumulado da semana.

      Atenciosamente,

      Silas Brasileiro
      Presidente Executivo do CNC

    • Psicologia do UNICERP desenvolve projeto em escola de Patrocínio

      Escrito por Luiz Costa Jr. – Decom Unicerp

      Professora Patrícia Tambelini e grupo de alunos realizaram projeto na Escola Estadual Professora Célia Lemos (Foto: Michelle Brasileiro)

      Alunos do 10º período do curso de Psicologia do UNICERP desenvolveram durante este semestre o projeto de extensão ‘Vencendo Gigantes’. O encerramento aconteceu no dia 27 de novembro com uma confraternização entre todos os participantes. A atividade atendeu crianças, adolescentes e adultos com deficiência visual, física e/ou intelectual da Escola Estadual Professora Célia Lemos, em Patrocínio. onde aconteceu uma calorosa confraternização entre todos os que participaram e que contribuíram de alguma forma na realização deste projeto.

      O projeto foi orientado pela professora Patrícia Tambelini Brasileiro Voltolini e teve a participação dos universitários Bruno, Eloísa Aparecida, Fabíola, Layane e Stefânia. Ao longo o ano, foram realizados atendimentos individuais e orientações à família e corpo docente, sendo utilizada uma abordagem psicanalítica.

      O nome ‘Vencendo Gigantes’ simboliza os desafios que os estudantes atendidos encontram no dia a dia. “Foram trabalhados com esses alunos a capacidade criativa, autoestima, o potencial, a força interior, reconhecer os próprios limites, aprender a lidar com frustrações, o autoconhecimento e a aceitação de si mesmo. Além de trabalhar a expressividade, emoções, resiliência, flexibilidade mental, motivação, comunicação, planos para o futuro, autoconfiança, paciência e acima de tudo propiciar um ambiente estimulador”, declara a professora Patrícia Tambelini.

      A diretora Luiza Angélica, a coordenadora Daniela e as professoras Marlena e Ivani Lessa da Escola Professora Célia Lemos esperam que o programa tenha continuidade em 2015. “A parceria com a Psicologia do UNICERP contribuiu muito com os alunos, os ajudando a se desenvolver e a lidar com suas deficiências”, compartilham.

    • Ofertas Supermercado Bernardão para segunda 15/12/2014

      1º SABÃO EM PÓ TIXAN 2 KG R$ 9,98
      2º AMACIANTE CANDURA 5 LITROS R$ 9,99
      3º PAPEL PERSONAL: LEVE 16 E PAGUE 15 – 30 METROS R$ 7,98
      4º SABONETE PROTEX 90 GRAMAS R$ 1,29
      5º ARROZ COCAL AGULHINHA 5 KG R$ 10,98
      6º TODDY 800 GRAMAS R$ 8,99
      7º BISCOITO AYMORÉ RECHEADO 120 GRAMAS R$ 0,98
      OFERTAS VÁLIDAS “APENAS” PARA ESTA SEGUNDA
      15/12/2014

    • Profissionais do UNICERP recebem prêmio nacional de vídeo em Brasíli

      Escrito por Decom Unicerp

      Contando com a presença do Ministro da Educação, Henrique Paim, o UNICERP, representado pelo professor Alexandre Costa e pelo assessor de Comunicação Luiz Costa Júnior, foi premiado pela ABMES (Associação Brasileira das Mantenedoras de Ensino Superior). A cerimônia aconteceu em Brasília na terça-feira, 02, na sede da Associação.

      Os profissionais concorreram em 2013 a duas das quatro categorias do Concurso Sílvio Tendler de Vídeos, que destaca as ações de universidades, centros universitários e faculdades no Dia da Responsabilidade Social, promovido pela ABMES.

      Instituído pela ABMES em 2007, o Concurso Sílvio Tendler de Vídeos sobre Responsabilidade Social das IES foi criado com o objetivo de registrar as ações promovidas pelas instituições de ensino superior que aderem à Campanha da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular. Na 7ª edição, os vídeos premiados foram:

      Categoria Vídeo Institucional: “Ensinando com tecnologia e responsabilidade socioambiental”, da Faculdade Eniac, de São Paulo/SP.

      Categoria Cobertura Jornalística: “Unicerp promove Dia da Responsabilidade Social em Patrocínio/MG”, do Centro Universitário Unicerp, produzido por Alexandre Costa.

      Categoria Videoclipe: “Eu Quero Sol Nesse Jardim”, do Centro Universitário Unicerp, produzido por Luiz Costa Júnior.

      Categoria Documentário: “Todos Um”, produzido pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH).

      Os prêmios foram entregues pelo presidente da ABMES, Gabriel Mario Rodrigues, e pelos vice-presidentes, Janguiê Diniz e Getúlio Américo Lopes.

      “Foi um momento marcante para nós como profissionais e para o UNICERP, pois foi a única instituição vencedora em duas categorias. Além disso, o fato de concorrer com universidades de todo o Brasil só faz valorizar a conquista. Esse projeto é importante não apenas por receber a premiação, mas também de ver a alegria de cada pessoa que visitamos nos cinco projetos envolvidos”, avalia Alexandre Costa.

      “Este prêmio comprova a qualidade do trabalho e o empenho da nossa equipe. Vencemos em duas categorias importantes por peças produzidas em um evento que pode transformar vidas, que é o Dia da Responsabilidade Social. Compartilhamos o reconhecimento com todas as crianças que inspiraram o videoclipe premiado”, enaltece Luiz Costa Júnior.

      Para a reitora do UNICERP Iêda Pereira de Magalhães Martins, a conquista é consequência de um esforço conjunto quando da realização do Dia da Responsabilidade Social. “O UNICERP aproveita a data para levar à comunidade tudo aquilo que ela nos oferece durante o ano. Por isso, ações sociais são parte de nossa missão. Essa premiação coroa um esforço geral e demonstra a qualidade de nossas ações e de nossos profissionais”, destaca.

    • Ofertas Supermercado Bernardão

      SUPERMERCADO BERNARDÃO

      1º MAÇÃ DE PEITO / CUPIM: KG R$ 10,98
      2º FRANGO À PASSARINHO SEARA PACOTE 1 KG R$ 5,99
      3º MUSSARELA FATIADA CALU KG R$ 12,98
      4º SKOL / BRAHMA: LATÃO 550 ML – LEVE 24 E PAGUE EM CADA UNIDADE R$ 2,46
      5º COCA-COLA 2,5 LITROS R$ 4,68
      6º ACHOCOLATADO SANTA AMÁLIA 1 KG R$ 4,99
      7º DESODORANTE JOHNSONS AEROSOL 150 ML R$ 10,98
      OFERTAS VÁLIDAS “APENAS” PARA ESTA QUINTA E SEXTA
      11/12 e 12/12/2014

    • Uma mensagem da Santa Casa de Patrocínio

    • Easfp realiza Processo Seletivo 2015 neste sábado

      A Escola Agrotécnica Sérgio de Freitas Pacheco realiza no dia 13 de dezembro, sábado, o Processo Seletivo EASFP 2015. A prova seleciona alunos para o Curso Técnico em Agropecuária e acontece de 8h às 12h no campus do Unicerp.

      As inscrições estão abertas até o dia 12 de dezembro, sem cobrança de taxa. O candidato pode se inscrever no site www.easfp.com.br ou na secretaria da Escola Agrotécnica. As avaliações são compostas por Redação e questões de Língua Portuguesa e Matemática. Neste ano são oferecidas 100 vagas.

      A inscrição para o curso técnico em Agropecuária é permitida a candidatos que concluíram o Ensino Fundamental, estão matriculados no Ensino Médio e a candidatos que já concluíram esse nível de ensino.

      A lista de classificação será divulgada no dia 17 de dezembro. Os aprovados poderão se matricular nos dias 05 e 06 de janeiro de 2015, também na Secretaria da Escola Agrotécnica.

      Curso Técnico em Agropecuária

      O tradicional curso oferecido pela EASFP forma técnicos em Agropecuária desde 1972. São aulas teóricas e práticas realizadas no período da manhã em quatro módulos, com duração de dois anos.

      A EASFP tem parceria de bolsas de estudos com várias empresas ligadas ao ramo da agropecuária, além da Prefeitura Municipal de Patrocínio e da Cooperativa Agropecuária de Patrocínio (Coopa).

      O endereço da EASFP é Avenida Líria Terezinha Lassi Capuano, 496, Chácara das Rosas, 38740-000, Patrocínio/MG.

    • KM Modas: Moda Masculina, Feminina e Acessórios.

      Moda Masculina, Feminina e Acessórios. Av. Rui Barbosa, 632 Centro Patrocínio – MG 34-3831.5397
      Exclusividade Bunny’s e Frittz.

    • Van Executiva para Patos de Minas

      Estudantes, empresários e colaboradores de empresas.

      Estamos oferecendo nossos serviços de Van Executiva para Patos de Minas.

      Os estudante poderão  se deslocar diariamente no período diurno e período noturno.

      Transporte novo e moderno com DVD, ar condicionado e bancos reclináveis.

      Maiores informações com o Luciano Arantes nos telefones: (34)9984-1669 ou (34)9823-6428

    • Governo Municipal inaugura ampliação e melhorias do Estádio Daniel Caldeira

      Escrito por Ascom-PMP

      Estádio Daniel Caldeira

      A Administração Municipal, dando continuidade às melhorias dos espaços esportivos do município, entrega à comunidade as reformas e ampliações realizadas no estádio Daniel Caldeira.

      Para melhor atender à imprensa, que prestigia os eventos esportivos, a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer construiu cabines de rádio, que levarão o nome do radialista José Maria Campos.

      Para atender aos torcedores um amplo espaço para o bar e novos banheiros foram instalados.

      Palco de campeonatos amadores e das competições organizadas pela Secretaria Municipal de Esporte, o estádio Daniel Caldeira é um dos mais antigos na cidade e o que possui o melhor gramado.

      Com os novos investimentos, os torcedores e repórteres poderão acompanhar as competições com ainda mais segurança e conforto.

      A inauguração está marcada para o dia 8 de dezembro (segunda-feira), às 19h, no estádio Daniel Caldeira.

      Participe. Sua presença vai fazer a diferença.

  • Publicidade