• Notícias

  • Colunistas

  • Agenda

  • Parceiros

    Parceiros
  • Notícias

    • Hoje, palestra magna com Fábio Puentes. Participe!‏

      Fábio Puentes, é o hipnólogo mais conhecido da América Latina. Formou-se em Hipnose Clínica na Espanha e já realizou mais de 530 apresentações na TV brasileira e 85 internacionais. Realiza hipnose desde os 11 anos de idade, e hoje atua como hipnólogo nas áreas Clínica, Terapêutica, Forense (auxílio Policial) e Esportiva. Além de hipnólogo, Fábio também é Assessor de Saúde Mental, Diretor de Ensino da Associação para Estudo Clínico Experimental da Hipnose, e Consultor de Motivação Empresarial, ministrando cursos de Auto-Hipnose para estresse, vendas e motivação.

    • Participem da 3ª Feijoada HJ Viver 19/06/2015 Restaurante Parque de Exposições

      Sensacional!! Vem ai a 3ª Feijoada da  HJ VIVER, dia 19 de Junho de 15 no restaurante do Parque de Exposições, participe e colabore com esta causa nobre, manutenção dos projetos de apoio aos pacientes com câncer e hospital de Barretos/SP. Ingressos no telefone 3831-6265, 50 reais, banda Lisias.

    • Centro de Educação Infantil e SSVP recebem doações do SICOOB COOPACREDI

      Centro de Educação Infantil e SSVP recebem doações da campanha ‘Cabide da Solidariedade’ do SICOOB COOPACREDI

      André Luiz Costa / Ascom SICOOB COOPACREDI

      Na manhã desta terça-feira (16) o presidente do Conselho de Administração do SICOOB COOPACREDI Celio Machado de Castro, o Diretor Administrativo Tiago de Toledo Silva e colaboradores fizeram a distribuição de materiais arrecadados na campanha do agasalho “Cabide da Solidariedade”. O tema desse ano é o seguinte: “É o SICOOB COOPACREDI aquecendo vidas”.

      As doações de agasalhos, cobertores, edredons e até calçados foram feitas ao Dispensário da Sociedade São Vicente de Paulo e ao Centro de Educação Infantil (CEI) São José e Projeto Crê-Ser, ambos no bairro Marciano Brandão.

      A ajuda vem em boa hora segundo Silvana Marta, coordenadora do CEI São José. “Eu acho muito importante porque nós somos uma instituição filantrópica e nós precisamos muito da ajuda da sociedade. Foi importante que o SICOOB COOPACREDI se dispôs a estar fazendo essas doações para nós não só em roupas, como também já doaram em outras oportunidades móveis e dinheiro para nos ajudar. É uma parceria muito boa, uma ajuda muito grande”, comenta Silvana.

      O SICOOB COOPACREDI também auxiliou recentemente o Centro de Educação e Projeto Crê-Ser com a doação de computadores. “Inclusive antes não tínhamos laboratório de informática e através da doação desses computadores foi possível abrir nosso laboratório”, disse a diretora.

      O Centro de Educação Infantil São José são atendidas 110 crianças de seis meses a cinco anos e no Projeto Crê-Ser em torno de 130 crianças de 5 a 14 anos com aulas de violão, flauta, artesanato, pintura, informática e outras várias atividades.

      Campanha continua – E a campanha do agasalho “Cabide da Solidariedade” continua para ajudar pessoas nessa época do frio. As pessoas, associadas ou não ao SICOOB COOPACREDI, podem fazer suas doações em qualquer uma das agências (Patrocínio, Coromandel, Guimarânia, São João da Serra Negra e Serra do Salitre).

    • Fernando Dolabela hoje,16, no Rotary Brumado

    • Programação o Mapa da Mina 2015

    • Deputado Deiró reúne-se com o diretor geral do DER

      Deputado Deiró reúne-se com o diretor geral do DER para tratar de melhorias em alguns trechos de rodovias de Patrocínio e região
      O Deputado Estadual Deiró Marra, Presidente da Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas da ALMG esteve nesta quarta-feira, (10/06),com o diretor geral do DER de Minas Gerais, o senhor Célio Dantas para tratar do reperfilamento das rodovias de acesso Patrocínio/Ibiá, Patrocínio/ Perdizes e Patrocínio/ Coromandel.
      O parlamentar patrocinense levantou algumas questões inerentes às melhorias desses trechos e demais assuntos de interesse da região na questão de obras, logística e futuras obras.
      Como explica o Diretor do DER/MG, que apartir da próximasemana dará início o reperfilamento asfáltico destes locais, por isso os trabalhos de limpeza serão realizados com antecedência e o reperfilamento que é utilizado para nivelar o solo e corrigir as imperfeições serão feitos nestas áreas.
      O recapeamento asfáltico das rodovias se dará em breve segundo o próprio diretor, que confirmou ao deputadoDeiró que alguns ajustes estão sendo feitos e que daqui uns dias o recapeamento será feito.
      “A pedido do Deputado Deiró Marra iniciaremos o reperfilamento asfáltico nestas rodovias e pretendemos dar continuidade aos trabalhos com maior frequência e agilidade, além do reperfilamento, que será feito nos locais, vamos realizar uma operação de tapa buracos em alguns locais”, disse o Diretor Geral do DER, CélioDantas.
      Nesse sentido, o parlamentar patrocinense imbuído em seu trabalho, afirmou que a reunião foi bastante produtiva e que vai de encontro aos pedidos da população para a realização de melhorias em alguns trechos das rodovias de nossa região.

      ASSCOM – Natanael Oliveira Diniz / Mauro Henrique

    • Silas apresenta relatório contrário ao substitutivo do PL dos frigoríficos

      O deputado federal Silas Brasileiro (PMDB-MG) apresentou na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, relatório pela rejeição do substituitivo do Senado acostado ao projeto de lei nº 5194/05 que determina que frigoríficos com registro no Serviço de Inspeção Federal (SIF) informem, diariamente, ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e os preços dos bovinos, prazo para pagamento, idade, sexo, peso e quantidades adquiridas.

      Em seu relatório, Silas colocou-se contrário ao substitutivo aprovado pelo Senado que estendeu a determinação disposta no texto também para os frigoríficos de carne suína e ampliou a obrigatoriedade de que as informações diárias fossem repassadas, além do MAPA, para todos os órgãos de inspeção e fiscalização sanitária municipal, estadual e federal.

      “A extensão ao mercado de suínos tenderá a consolidar ainda mais a capacidade colusiva dos agentes envolvidos no mercado de carnes. Já a extensão para os frigoríficos não registrados junto ao órgão de inspeção tende a afetar mais fortemente as empresas menores, justamente para as quais os problemas de escala apontados tendem a tornar a aplicação da medida mais difícil”, colocou Silas, acrescentando que é favorável ao projeto original aprovado pela Câmara dos Deputados.

      O deputado Mandetta (DEM-MS) fez pedido de vistas ao projeto.

      Silas também é relator do PL 6279/13 que altera a lei que regula a recuperação judicial, a extrajudicial e a falência do empresário e da sociedade empresária, Lei nº 11.101, de 2005, incluindo disposições para ampliar a abrangência da recuperação judicial ao produtor rural. O projeto foi retirado de pauta e entrará na pauta da próxima reunião da Comissão.

      Diovana Miziara

      Assessora de Comunicação Dep. Silas Brasileiro

    • 3ª Feijoada HJ Viver – Dia 19 de junho

      Sensacional!! Vem ai a 3ª Feijoada da HJVIVER, dia 19 de Junho de 15 no restaurante do Parque de Exposições, participe e colabore com esta causa nobre, manutenção dos projetos de apoio aos pacientes com câncer e hospital de Barretos/SP. Ingressos no telefone 3831-6265, 50 reais, banda Lisias.

    • Deputado Deiró Marra recebe reivindicações de Cruzeiro da Fortaleza

      Deputado Estadual Deiró Marra recebe reivindicações de lideranças de Cruzeiro da Fortaleza
      O Deputado Estadual Deiró Marra (PR) recebeu na manhã dessa quarta (10) em seu gabinete na ALMG, o Prefeito de Cruzeiro da Fortaleza, vereadores e lideranças da cidade.
      Na oportunidade, eles solicitaram o empenho do parlamentar patrocinense para viabilizar o asfaltamento de ligação entre a cidade de Cruzeiro da Fortaleza a Brejo Bonito.
      O Deputado Estadual Deiró Marra reafirmou seu compromisso e expôs detalhadamente os meios que irá fazer para conseguir essa ligação asfáltica. As lideranças de Cruzeiro da Fortaleza levaram outras reivindicações e demandas da cidade.
      Os representantes do Executivo e do Legislativo de Cruzeiro da Fortaleza agradeceram o Deputado Deiró por atender mais esse pedido, e que segundo eles acreditam nessa liberação, pois o parlamentar já destinou diversos recursos para região.
      Nesse sentido, o parlamentar patrocinense acredita que em breve essa ligação asfáltica poderá tornar-se realidade, atendendo assim, mais uma reivindicação de Cruzeiro da Fortaleza e região.

      ASSCOM-Natanael Diniz / Mauro Henrique

    • Balanço Semanal do Mercado de Café

      BALANÇO SEMANAL — 08 a 12/06/2015

      Números da Conab, do IBGE e da Procafé para a safra 2015 apontam uma oferta apertada e a diminuição dos estoques do Brasil.

      SAFRA 2015 DO BRASIL — Nesta semana, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou o resultado de sua segunda estimativa para a safra 2015 de café no Brasil. A estatal apontou uma safra total de 44,2 milhões de sacas de 60 kg, sendo 32,9 milhões referentes à variedade arábica e 11,3 milhões à robusta.

      O Conselho Nacional do Café observa que, apesar do “massacre especulativo” criado por players que superestimam nossas colheitas interessados em pressionar os já aviltados preços pagos ao produtor, a Conab e o IBGE (43,2 milhões de sacas) — órgãos oficiais do Governo Federal —, assim como a Fundação Procafé (40,3 a 43,2 milhões de sacas), contratada pelo CNC, projetaram volumes muito coerentes, que giram ao redor das 44 milhões de sacas.

      Essa coerência é fundamental para demonstrar ao mercado que o Brasil produzirá sua segunda safra baixa consecutiva (foram colhidas 45,3 milhões de sacas em 2014), mas que, mesmo assim, temos condições para atender às demandas interna e externa com a utilização de nossos estoques. Por outro lado, também é válido salientar que os volumes de café armazenados no País caminham, a cada dia, para níveis ainda mais reduzidos.

      Nesse contexto, o CNC reitera que quem apostou em grande safra no Brasil irá se deparar com um cenário muito diferente e deverá ver sua intenção de comprar cafés a preços mais baixos, em detrimento da renda dos produtores, esvanecer-se, podendo ter que desembolsar valores mais justos e condizentes com os custos de produção dos cafeicultores mundiais, haja vista que esse tamanho da safra brasileira consolidará o déficit global de oferta projetado pela Organização Internacional do Café (OIC).

      ESTOQUES — O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou, ontem (11), o resultado de sua Pesquisa de Estoques referente ao segundo semestre de 2014. A instituição apontou que o Brasil possuía 21,7 milhões de sacas de 60 kg de café armazenadas em 31 de dezembro do ano passado — 18,5 milhões de arábica e 3,2 milhões de conilon —, volume 9,7% inferior ao registrado no final de 2013.

      Do volume total armazenado no final de 2014, as 118 cooperativas de café informantes respondiam por 38,1% do total, contendo um volume de 8,3 milhões de sacas em seus armazéns. Já os demais elos do setor privado possuíam o maior montante, com 11,5 milhões de sacas estocadas, o que representou 53,3% do total.

      MERCADO – Após a valorização registrada no início da semana, os futuros do café arábica encerraram o pregão de ontem acumulando queda em relação à última sexta-feira. Os movimentos de realização de lucros foram os principais responsáveis por essa tendência.

      Na ICE Futures US, o vencimento julho do Contrato C foi cotado a US$ 1,32 por libra-peso, acumulando queda de 310 pontos em relação ao fechamento da semana passada. As cotações do robusta, negociadas na ICE Futures Europe, também se depreciaram. Na quinta-feira, o vencimento julho/2015 encerrou o pregão a US$ 1.711 por tonelada, acumulando perdas de US$ 17.

      No Brasil, o dólar se desvalorizou frente ao real, devido, principalmente, aos juros mais altos no País e ao maior fluxo cambial. Ontem, a divisa norte-americana foi cotada a R$ 3,106, com queda de 1,4% em relação ao fechamento da semana anterior.

      No mercado físico nacional, o ritmo de negócios continuou fraco. A queda dos preços na Bolsa de Nova York, associada à valorização do real no Brasil, resultou em perdas nos preços do café arábica. Na quinta-feira, os indicadores calculados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) para as variedades arábica e conilon foram cotados a R$ 422,78/saca e a R$ 294,13/saca, respectivamente, com variação de -3,3% e 0,4% em relação à última sexta-feira.

      O Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (CeCafé) divulgou que as vendas externas do País apresentaram retração em maio, embora nos últimos 12 meses o volume tenha sido recorde. No mês passado, foram embarcadas 2.783.972 sacas de café verde e industrializado, representando queda de 7,7% em relação a maio de 2014. A receita cambial auferida no último mês reduziu-se em 17,4% em relação ao quinto mês do ano passado, resultando em US$ 460,817 milhões. No acumulado de junho/2014 a maio/2015, o Brasil exportou 36.697.386 sacas, correspondentes a uma receita de US$ 6,960 bilhões, com incrementos de, respectivamente, 9,42% e 34,1% em relação ao mesmo período do ano anterior.

      Também em relação ao mercado mundial, a Organização Internacional do Café divulgou em seu relatório de mercado referente a maio que o ano safra 2014/15 terminará com déficit significativo de pelo menos 8 milhões de sacas. A OIC também afirma que é muito cedo para uma estimativa mais completa para o balanço entre a oferta e a demanda de café para a temporada 2015/16.

      Atenciosamente,

      Silas Brasileiro
      Presidente Executivo

      SCN Qd. 01, Bloco C, nº 85, Ed. Brasília Trade Center – Sala 1.101
      Brasília (DF) – CEP: 70711-902
      Fone / Fax: (61) 3226-2269 / 3342-2610

  • Publicidade