Deiró viabiliza o credenciamento do Hospital do Câncer

Solução definitiva: Deiró viabiliza o credenciamento do Hospital do Câncer com aproximadamente 6 milhões por ano Na manhã de hoje a diretoria de Hospital do Câncer e o Prefeito de Patrocínio Deiró Marra, anunciaram à medida que põe fim à crise financeira enfrentada pelo Hospital do Câncer de Patrocínio, eliminando sob todos os aspectos a possibilidade de fechamento ou não atendimento de novos pacientes. Após um ano de gestão tanto do Secretário de Saúde Humberto Donizete - Bebé, quanto do Prefeito Deiró junto ao Ministério da Saúde, a única alternativa encontrada para o credenciamento do HC foi à realocação de verba remanescente de outras pactuações na região, algo em torno de 2,5 milhões por ano, dinheiro que de fato não cobriria os gastos para tornar o nosso HC um hospital referência regional. O Prefeito então viabilizou agendas com o Secretário de Saúde de Estado, Sávio Souza Cruz e também com o Ministro da Saúde, Ricardo Barros para viabilização de um novo recurso, diretamente destinado a Patrocínio. No início do mês, o Ministério da Saúde comunica a Secretaria de Saúde de Patrocínio, que o pleito do Prefeito com relação ao novo recurso para o HC finalmente havia sido deferido e que o credenciamento via Santa Casa poderia ser iniciado o quanto antes. Assim, o Hospital do Câncer de Patrocínio será credenciado junto ao SUS com receita estimada em aproximadamente 6 milhões de reais ao ano, sem incluir o custo com medicação, que também será pago pelo SUS. DOAÇÃO ATÉ O CREDENCIAMENTO Como o credenciamento demanda prazo de implantação, o Prefeito anunciou também que estará encaminhando a Câmara dos Vereadores um projeto de lei que autoriza o executivo a doar R$210.000,00 divididos em três parcelas ao HC, para desafogar o Hospital até que o credenciamento seja finalizado, momento em que foi literalmente aplaudido pela diretoria do Hospital. Pragmático, o Prefeito falou às rádios sobre a ação: “Isso mostra que nossa maior vocação e trabalhar e administrar, mesmo em situações de crise. Não tínhamos uma solução viável e não resolvia tapar o sol com a peneira, por isso optamos por trabalhar para que o Ministério encarasse esse problema como nos encaramos: de frente e trazendo uma solução definitiva, com um recurso novo. Só assim concordamos com o credenciamento. Conosco o problema é resolvido e não postergado, porque nossa direção é sempre em frente e nosso partido é Patrocínio.” – afirmou o Chefe do Executivo Municipal.

Impresso via www.olhaopassarim.com.br. Todos os direitos reservados.